sexta-feira, 24 de fevereiro de 2017

Dr. Makuta Nkondo - (Nova) A Grande Entrevista - 2016

quinta-feira, 23 de fevereiro de 2017

PREPARATIVOS PARA A REALIZAÇÃO DA PRIMEIRA CONFERENCIA DA FUNDAÇÃO JOÃO XXIII ESTÃO NUM BOM CAMINHO-Diz o seu delegado


Se tudo Correr como previsto, será realizado no dia 10 de Março em Bissau, a “Primeira Conferencia da Fundação João XXIII, Casa do Oeste, com o objectivo de avaliar os 25 anos da solidariedade social e parceria da organização na Guiné-Bissau”.

Com o efeito, já se encontram no país, mais de vinte voluntários portugueses e italianos que se juntarão com o presidente do Conselho de Gestão e Reitor Espiritual da Fundação João XXIII de Portugal, padre Joaquim Batalha, que chega ao país, no dia dois de março.
De acordo com o Delegado da Fundação João XXIII para a Guiné-Bissau, os preparativos estão num bom caminho.

Raúl Daniel da Silva disse esperar que, o encontro de Bissau vai despertar atenção aos guineenses, que por mais que tenham apoios, não podem fica com braços cruzados a esperar algo. É preciso: “Se buna Bulido Costa, Buli Barriga”.

A Fundação João XXIII, Casa de Oeste, já procedeu nesses últimos seis anos, a distribuição de quinze viaturas pequenas e oito ambulâncias com materiais escolares, como dádivas para as organizações com caridade social na Guiné-Bissau.

Conosaba/Notabanca


PRESIDENTE DA GUINÉ-BISSAU CONVOCA CONSELHO DE ESTADO PARA 02 DE MARÇO



Bissau - O presidente da Guiné-Bissau, José Mário Vaz, convocou para 02 de Março, uma reunião do Conselho de Estado para analisar a crise política no país, disseram esta quinta-feira à Lusa fontes partidárias.

A reunião do Conselho de Estado - órgão de consulta do presidente da República, mas cujo parecer não é vinculativo - está agendada para as 16h00 locais e nela tomarão parte os titulares dos órgãos de soberania, líderes de partidos com assento parlamentar e representantes das bancadas no Parlamento.

Têm ainda assento naquele órgão alguns conselheiros indicados pelo chefe do Estado.

Em cima da mesa estará a análise à crise política no país, à luz da decisão da Comissão Permanente do Parlamento que chumbou, na quarta-feira, o pedido do governo para que o seu plano de acção fosse discutido na plenária da Assembleia Nacional Popular.

O PAIGC, partido vencedor das últimas eleições legislativas, mas afastado do poder devido às divergências com o Presidente guineense, diz que o impasse político só irá terminar com a dissolução do Parlamento e a convocação de eleições gerais antecipadas.

O Partido da Convergência Democrática (PCD) e a União para Mudança (UM), ambos com representação parlamentar, também advogam a mesma posição como saída para a crise que já dura há ano e meio.

Conosaba/angop


UNIÃO PARA MUDANÇA APLAUDE A DECISÃO DA COMISSÃO PERMANENTE DA ANP



A União para Mudança (UM) aplaude a decisão da Comissão Permanente da Assembleia Nacional Popular, por ter chumbado o pedido de agendamento do programa do Governo.

A posição foi defendida hoje em Bissau por João Baticã Ferreira, deputado do partido, considerando que a decisão acaba por trazer à luz do dia os resultados eleitorais.

Perante a situação, o parlamentar exorta o chefe do Estado, José Mário Vaz o comprimento integral do acordo de Conacri, como instrumento legal para a saída da crise politica.

Conosaba/Notabanca

«OPINIÃO» FILME-COMÉDIA: O LIVRO NÃO SE JULGA PELA CAPA - SAMUEL ADELINO IÉ



PRIMEIRO EPISÓDIO

Tudo começou num jardim infantil numa pequena cidade chamada Gâ-Mamudu na região de Oio Norte da Guiné-Bissau

As duas crianças se conhecem porque sentavam na mesma carteira daí começou uma amizade forte, o rapaz se chamava CATEN RAÇA e tinha 10 anos de idade e enquanto a menina se chamava também RAÇA PA KE e tinha 09 anos de idade. O rapaz vinha de uma cidade zinha do mesmo setor chamada TIRA CAMISA e a menina de outra chamada SINTA BU DJUBI

Os pais do rapaz são NEGROS e tinham amor forte no filho CATEN RAÇA no qual prestavam sempre atenção ao único filho que tinham, sempre que o filho necessitava de alguma coisa os dois se sentavam para conversar com o filho sobre o que lhes pediram.
E os pais da menina RAÇA PA KE são BRANCOS e gostavam muito da filha sempre que ela ia para escola estava acompanhada dos pais.

Passando o tempo dois anos dessa amizade, as famílias dos dois mudaram para capital Bissau  com o objetivo de permitir os filhos a continuarem estudos, felizmente foram matriculados na mesma escola e consequentemente na mesma sala, mas tanto os pais assim como os dois não sabiam que são matriculados na mesma escola e consequentemente mesma sala. Como é de costume o primeiro de aulas os pais levaram os filhos para conhecer a escola e os professores dos seus filhos, o primeiro a chegar foi a RAÇA PA KE passando alguns minutos chegou o CATEN RAÇA acompanhado dos seus pais, quando os dois avistaram correram e abraçaram e os pais estavam parados olhando só para eles e depois se dirigiram a eles onde cada um apresentou os pais e explicando tudo de como foi seus encontros, dai os pais ficaram todos contentes, depois desse acontecimento os pais passaram a se relacionar muito bem.

No decorrer dessa amizade forte entre os dois, o rapaz com 19 anos de idade e menina com 18, os dois começaram a sentir algo, entre um e outro, mas nenhum deles tinha coragem de enfrentar o outro para explicar o sentimento. Cada um tinha esse peso na cabeça passando duas semanas entraram em férias, mas sempre se comunicavam no celular, já com retorno das aulas cada um trouxe na mochila uma carta com palavras românticas desenhos e nome. O maior problema esta na forma de entregar estas cartas, mas como costumavam trocar mochila, ou seja, as pastas, logo depois do intervalo decidiram trocar a mochila onde cada um resolveu colocar a carta na mochila do outro, depois de retornarem a sala cada um pegou sua mochila percebeu algo estranho, mas ninguém diz nada só em casa que cada um conseguiu abrir a carta e leu tudo e ficou mais ainda apaixonado pelo conteúdo da carta, no dia seguinte a RAÇA PA KE dirigiu logo para o  CATEN RAÇA , onde disse para ele olha nós já se conhecemos desde a nossa infância acho que nada pode nos separar a não ser a  morte por isso quero ser a tua namorada e a resposta do rapaz quase foi a mesma daí passaram a namorar. Nesse namoro passaram dois anos para que os pais tivessem essas informações tudo porque é de conhecimento dos pais sobre o relacionamento dos dois desde jardim, o que não era tão fácil perceber que eram namorados.

 Depois dos pais tivessem essa informação do namoro dos filhos, um dia os pais do CATEN RAÇA chamaram o filho numa noite, onde conversaram com o filho perguntando ele o que sente da menina e o filho disse que sente um algo inexplicável desde a infância que passou com a menina gostaram muito de um e outro. 

A mãe perguntou o filho de novo se em nenhum momento a menina não falou sobre a cor da pele dele? E o filho disse para mãe não e ele também nunca falou para a menina até porque cada um sabe que tem cor diferente, mas isso não implica nada o importante é saber respeitar essa diferença e amor. Já para os pais da RAÇA PA KE, resolver organizar um banquete em casa em família no qual aproveitaram a ocasião onde fizeram a mesma pergunta a filha o porquê de decidir namorar com aquele JOVEM NEGRO logo depois que os pais disseram NEGRO a filha respondeu, não é o nome dele  o nome dele é CATEN RAÇA  a filha começou a chorar abandonou a sala foi para o quarto. Com esta atitude da filha os pais ficaram preocupados onde tentaram conversar com a filha, mas não conseguiram convence-la daí resolveram ligar para o avô e a avó pais do pai da menina que vieram logo para a casa, lembrando que estes avos tinham um grande amor pela neta. Depois de eles chegarem a casa foram logo para o quarto da neta onde conversaram com ela e convenceram a neta para sair do quarto para já na sala sentaram todos onde os avós culparam e criticaram muito os pais sobre suas atitudes, mostrando eles que não deviam comportar assim, a cor da pele não tem nada haver com o relacionamento por isso devem deixar a filha relacionar com quem quiser desde que ela gosta, depois desta chamada de atenção dos avós, os pais, mudaram seus comportamentos onde passaram orientar a filha de como deve cuidar do seu namorado até que um dia pediram a filha para convidar o namorado e os pais dele para um jantar de confraternização.

SEGUNDO EPISÓDIO

Depois de a filha ter recebido a autorização dos pais para convidar o namorado e os pais para o jantar em casa de seus pais, logo no dia seguinte a filha levou o convite e entregou o namorado na escola para sábado seguinte. O rapaz não perdeu tempo quando chegou a casa levou o convite para os pais e eles aceitaram o convite, porque eles sempre fazem tudo para agradar o filho, os pais do rapaz prepararam tudo quando chegou o sábado foram todos no caro para a casa dos pais da namorada do filho e de lá foram recebidos bem pelos pais da namorada, durante esse jantar os namorados ficaram felizes e os pais conversaram muitos sobre a vida dos filhos e outros assuntos interessantes. Depois de muitas horas de conversas a família do rapaz voltou para casa. E o relacionamento dos dois intensificou ainda mais.

No bairro onde mora o rapaz com os pais tinha uma vizinha que tinha uma filha e essa filha não tinha namorado e a mãe sentia inveja dos dois queria que o rapaz namorasse a sua filha. Sempre que a menina ia visitar o namorado dizia para ela que o CATEN RAÇA tinha saído mesmo que o rapaz estivesse lá, passando tempo um dia a mulher decidiu chamar a RAÇA PA KE para perguntar se ela pensa que o rapaz vai lhe casar? Se assim for, então ela, esta enganada, ainda disse para a menina que os brancos não se cansam de fazer sexo e o rapaz não quer morrer sedo. Com essa palavra a menina ficou triste e começou a chorar e nem sabia que o namorado estava no quarto, de mesmo modo que o namorado não sabia o que estava acontecer com a sua namorada na rua porque estava deitado, depois de ouvir tanto  barulho dos outros vizinhos ele acordou e decidiu sair  fora para saber do estava acontecer viu que era a sua namorada dirigiu-se logo para saber e a mulher sumiu. 

O rapaz pegou a namorada e levou para o quarto para saber do ocorrido depois de receber a explicação ele não perdeu o tempo foi logo para a delegacia para fazer queixa e o delegado mandou notificar a mulher e a justiça foi feita onde mulher pegou uma pena de dois anos de cadeia e uma multa num valor de 10 milhões de FCFA moeda da Guiné-Bissau por ter causado danos moral aos dois. Depois desta fase, o relacionamento dos dois continuou normal, passando alguns tempos à mãe da menina faleceu e o pai resolveu casar com outra mulher, um mês depois do casamento a madrasta tinha informação de que a filha do seu marido tem um namorado negro e ela não gostou. Um dia ela decidiu chamar o marido onde perguntou por que é que ele permitiu a filha a namorar com aquele homem negro? O marido respondeu a minha filha é livre de namorar com quem ela quer independentemente de ser negro ou branco rico ou pobre e formado ou não! A resposta do marido não caiu bem nas orelhas da esposa. Como a resposta não caiu bem nos ouvidos da esposa dias depois ela começou a mudar de comportamento com a filha na ausência do marido até ao ponto de um dia chamar a menina para perguntar por que é que esta a namorar com aquele negro? A menina ficou chocada e começou a chorar e dirigiu se para o seu quarto onde passou o dia inteiro a chorar, no dia seguinte bem cedinho o pai não sentiu a filha se dirigiu logo para o quarto dela onde a encontrou deitada e perguntou do que tinha acontecido e ela respondeu senti a falta da minha mãe! Ela não queria explicar o pai do que tinha acontecido e o pai tentou lhe acalmar e depois foi para o trabalho. Uma semana depois a madrasta voltou a tacar a menina desta vez colocou um vídeo na televisão na sala, o vídeo tratava da história da escravidão, ela chamou a menina e ela vem com todo respeito e disse para ela olha este vídeo foi assim que os avós do teu namorado foram escravizados!  A menina começou a chorar de novo e entrou no quarto. 

O pai ao chegar a casa percebeu o clima foi logo para o quarto da filha, lá a encontrou no chão a chorar levantou ela no chão e começou a perguntar e filha pegou numa folha e caneta onde escreveu uma frase que disse o seguinte PAI TE AMO E AMO TAMBÉM A MINHA MÃE FALECIDA amanhã de explicou porque agora não consigo! O pai percebeu que alguma coisa tinha acontecido e voltou para sala onde perguntou a esposa sobre o ocorrido e ela respondeu eu sou livre a fazer o que eu quero!  O marido ficou chocado quando amanheceu o dia chamou a filha e a esposa para uma conversa na sala, onde filha explicou tudo e o pai perguntou a esposa se é verdade e a resposta dela é CLARO QUE SIM. O Marido tentou conversar com a esposa para ultrapassar o problema, mas a esposa disse nunca vai mudar enquanto a filha continuar a namorar com aquele negro! Um dia depois o marido chamou os pais da esposa para tentar ultrapassar o problema na frente dos pais a esposa voltou reafirmar a sua posição, no entanto o pai decidiu divorciar e decidiu ficar sem ter mulher para que a filha possa viver tranquila, viver uma vida feliz.  Um dia depois do divorcio a filha foi para a casa do namorado onde explicou tudo e o namorado respondeu amor na verdade eu vivo por tua causa, te amo muito, você é tudo pra mim! Mas o teu pai não devia divorciar pela minha causa eu prefiro ficar assim em vez do teu pai! E a namorada disse NÃO, NÃO, NÃO AMOR!  É só Deus que pode nos separar! Logo à noite o rapaz chamou os seus pais onde explicou tudo na frente da namorada e os pais não perderam tempo na manhã seguinte foram lá onde pediram desculpas e solidarizaram com o pai da namorada do filho.

TERCCEIRO EPISÓDIO      

Os dois continuaram os estudos a menina formou no curso de medicina onde tornou doutora e o rapaz também formou no curso de relação internacional com o titulo de doutor, mesmo com esse titulo de doutores os dois preferem manter na casa dos pais. O rapaz tinha um tio irmão mais novo do pai, em casa e esse tio não gostava do relacionamento do sobrinho com a menina e ele não tinha como mostrar isso, mas no decorrer de tempo não aguentou começou a mudar de comportamento com o sobrinho e a namorada, o comportamento dele é mais com a menina sempre que ela vinha visitar o namorado ele falava que o CATEN RAÇA tinha saído com uma menina mesmo que ele estivesse em casa isso aconteceu varias vezes, mas menina nunca contou para o namorado nem os pais. Um mês depois os pais do rapaz morrem num acidente de carro e o tio assumiu administração da casa uma semana depois da morte dos pais casou com a mulher que já tinha o caso com os dois na polícia. 

Numa noite chamaram o rapaz na sala onde o colocaram duas propostas a primeira é de separar com a menina e a segunda de sair de casa caso ele quer continuar o relacionamento, com um prazo de um dia para decidir! O rapaz chamou a namorada onde explicou tudo e a namorada perguntou o rapaz qual é a sua decisão e o rapaz respondeu prefiro sair de casa e a menina foi logo para a casa onde informou o pai e o pai não perdeu o tempo foi logo com ela para pegar o rapaz e o rapaz voltou para a casa onde explicou a sua decisão depois da decisão foram para a casa do pai da menina. Um mês depois os conseguiram estágio em suas áreas de formação nesse estágio tiveram grande desempenho logo no mês seguinte foram colocados onde a menina ganhava um salário no valor 5.000 reais e o rapaz 2.000 reais num ano de trabalho construíram uma casa construção definitiva onde passaram a morar e casaram no mesmo ano o segundo ano de trabalho coincidiu com ano das eleições municipais onde o chefe de trabalho do rapaz candidatou para o cargo do prefeito e escolheu o rapaz para o vice, felizmente foram eleitos. 

Num ano de mandato desenvolveram grandes trabalhos na cidade criaram políticas públicas para toda cidade.  Depois de o prefeito ter conhecimento que o a esposa do seu vice é doutora em medicina, marcou uma reunião de imediato com o vice onde o pediu a permissão de nomear a esposa para o cargo da diretora da maior hospital da cidade um ano depois de ela ter assumida esta função conseguiu desenvolver parcerias com parceiros onde mudou alguns serviços no hospital, com destaque as consultas e exames que até então eram cobrados, onde passaram a ser grátis e ainda criou juntos com os técnicos programas radiofônicos para ajudar na sensibilização da comunidade e ainda aumentou o número de médicos e agentes de saúde para o melhor atendimento. Nesse programa de rádio um dia a esposa do tio ouviu tudo sobre os novos serviços do hospital, quando o marido chegou a casa dirigiu se logo onde informou tudo que tinha ouvido na radio, o marido deparava com uma doença que precisava de exames urgentes, mas não tinha dinheiro, o marido por sua vez respondeu não sei de onde vem este filho de Deus que vem para nos salvar, não vamos perder o tempo amanha já vamos para o hospital logo de manhã foram para o hospital onde foram atendidos bem e ficaram muito satisfeitos, porque conseguiu fazer os exames e começou o tratamento e nem preocupavam em conhecer a diretora do hospital, depois de um mês de tratamento ele ficou bem de saúde. Um dia a esposa perguntou o marido do sobrinho e ele respondeu olha não sei onde está aquele bandido, mas vou mostrar ele quem eu sou no dia seguinte foram numa favela onde contrataram dois rapazes para matar a namorada do sobrinho por coincidência contrataram os dois rapazes que já passaram nas mãos da própria doutora RAÇA PAKE. Os dois nunca imaginavam que o sobrinho e a namorada podiam ser grandes figuras na cidade. 

Os dois rapazes contratados um tinha ferimento grave onde foi curada pela diretora e segundo rapaz tinha a mãe doente que também foi à diretora que a atendeu. Deram o endereço da namorada no mesmo dia à noite os dois foram para cumprir a missão ficaram próximo da casa quando ela desceu do carro o primeiro a reconhecer a doutora foi o rapaz que tinha o ferimento e falou para o colega não vamos matar esta mulher e o colega perguntou por quê? E ele disse esta mulher me salvou no hospital e o colega olhou bem e disse também esta mulher salvou a minha mãe não vamos matar ela e o outro perguntou agora como vamos fazer o colega respondeu vamos dizer que fomos lá, mas não conseguimos encontrar ela até aqui passou a hora combinada assim decidiram não matar. Os dois ficaram continentes em casa pensando que a missão foi cumprida logo depois da hora combinada ligaram para os dois marginais para saber se a missão foi cumprida e eles responderam fomos lá, mas não a encontramos como a hora é de respeitar voltamos. A notícia não caiu bem nos ouvidos dos dois e começaram a fazer outros planos desta vez para o sobrinho. 

Na própria casa dos dois tinha um homem branco que não gostava do relacionamento do rapaz com a menina porque ele é negro e este homem era colega de trabalho do tio do rapaz um dia durante a conversa no trabalho o tio falou sobre esse rapaz e o homem por sua vez  respondeu  este rapaz mora próximo da minha casa daí os dois combinaram para conversar mais tarde, já quando o tio voltou para casa  informou a esposa que tem um colega no trabalho que não gosta também dos dois e mulher respondeu olha vamos combinar  com este teu colega  os três marcaram um jantar e nesse jantar combinaram para contratar uma menina que trabalha no restaurante onde o rapaz costuma jantar para envenenar a comida do rapaz, um dia antes do dia combinado, o pai da menina contratada sofreu um acidente de viação ou seja de carro e precisava de uma evacuação e a família não estava em condição na família da menina tinha um tio que era amigo desse rapaz e o tio ligou o rapaz para emprestar o dinheiro e a menina foi quem foi pegar o dinheiro na casa do rapaz onde a família conseguiu evacuar o pai da menina daí a menina ficou com o peso na cabeça, já no dia da missão a menina continuou com esse peso moral porque o rapaz ajudou a família na evacuação do seu pais para o tratamento e decidiu não colocar nada na comida do rapaz no restaurante ela ficou pensando na justificação de não cumprir a missão, depois de uma hora do combinado os três ligaram para ela e a resposta dela é ‘o rapaz não veio jantar aqui hoje e como ele não veio dai não da mais para fazer outro acordo”. Todos  ficaram chateados com esta informação. 

No dia seguinte o irmão do homem que juntou com tio para matar o rapaz teve uma doença e foi levado para o hospital onde a própria esposa do rapaz a diretora do hospital foi quem atendeu este seu irmão até que ele ficou melhor, duas semanas depois teve festa no serviço dos dois e muitas pessoas foram esta festa o assunto mais falado foi da nova administração da cidade com destaque o hospital através dos serviços prestados, os dois estavam acompanhados das esposas só que a esposa do homem branco não sabia de nada ela era inocente, o tio foi o primeiro a falar do assunto onde repetiu a conversa que numa noite falou na cama com a esposa, onde disse não sei de onde vem este filho de Deus que vem para nos salvar de seguida o colega respondeu é verdade a própria diretora que atendeu o meu irmão, é importante salientar tanto o tio e assim como o amigo não conseguiram reconhecer os dois e nem passava na cabeça de que os dois podiam evoluir na vida. Só que a esposa do amigo conhece bem os pais do rapaz e ela foram à terceira na mesa a falar desse assunto onde disse o vice-prefeito é filho do casal que morreu de acidente de viação há dois anos, tio e a esposa olham um ao outro e tio perguntou a esposa do amigo e ela respondeu da mesma forma, daí os dois foram embora, a esposa do amigo ficou chateado e perguntou o marido do que estava acontecer e o marido respondeu vamos vou te contar em casa ai quando chegaram a casa. 

Na mesma noite os três foram convidados para debater algumas políticas que serão desenvolvidas durante suas gestões, na televisão publica da cidade, isto é, o prefeito, vice-prefeito e diretora do hospital, tanto o tio com a esposa e amigo também com a esposa todos assistiram esse debate, depois do debate cada um começou a reconhecer os erros cometidos. O amigo chamou a esposa onde explicou e confessou seus erros e a esposa respondeu meu marido não devia ter este tipo de atitude, a cor da pele não tem nada haver, somos todos seres humanos cada um é livre de namorar ou casar com quem ele quer isso não é da sua competência e o mais importante é amor e o respeito acima de tudo entre as pessoas, o marido começou a chorar e falou para esposa que quer ir pedir desculpas e perdão para os dois, o tio e a esposa também ficaram comprometidos, a esposa falou para o marido para ir conversar com o PADRE e o REGULO para irem pedir desculpas, da mesma forma que o amigo fez onde a sua esposa foi conversar com um PASTOR e um IMAME e os quartos mediadores entraram em contato onde primeiro tiveram encontros com os quatros para inteirarem da real situação depois de terem esse encontro mandaram uma carta para o prefeito com intuito de solicitar uma reunião com os três na mesma carta solicitaram que essa reunião seja num lugar publico, com o objetivo de mostrar o publico que nunca é tarde reconhecer os nossos erros para pedir perdão aqueles que de uma forma ofendemos, independentemente de quem ele é.  

O prefeito por sua vez convocou um encontro com os dois onde lhes deram o teor da carta, os dois nunca sabiam das armadilhas que erram alvos, nessa reunião foi convidada toda a população da cidade onde cada um confessou o seus erros e pediu perdão e quem respondeu em nome dos três foi a esposa a diretora do hospital com seguinte expressão, nós todos somos sujeitos a errar, o mais importante é quando percebemos que fizemos algo errado é procurar pedir desculpas e lutar para que não voltarmos a cometer o mesmo erro. Dai abraçaram uns aos outros... FIM DA HISTÓRIA... EU SOU POR TU ES! NÓS SOMOS PORQUE VOCÊS SÃO!  EU APREENDO COM TUDO, TANTO BONS ASSIM COMO RUINS, APREENDER NÃO É SÓ COM COISAS BOAS, MAS OS ERROS TAMBÉM SERVEM PARA CORREGIR E MELHOR.

Samuel Adelino Ié, graduando em humanidades, pela UNILAB
  ACARAPE, 17/01/17


«SÓ PA PURPARA TAMBI ÉS LEI NA NÔ GUINÉ-BISSAU!» NIGÉRIA: HOMENS POBRES VÃO SER PROIBIDOS DE TER DUAS OU MAIS MULHERES (POLIGAMIA)


Casa 2 na kaba! Bumba cai dja na Continente Africano kakakkkkkkk nô murri dja na Bissau!


O Emir do estado de Kano, na Nigéria, o segundo líder muçulmano mais influente do país, anunciou que será aprovada uma lei que proíbe homens pobres de casar com mais do que uma mulher.

A aprovação desta lei, surge porque para o Emir, Muhammadu Sanusi II, a pobreza está a contribuir para que mais pessoas se juntem aos grupos extremistas islâmicos. Para Muhammadu Sanusi II, existe uma forte ligação entre poligamia, pobreza e terrorismo.


Muhammadu Sanusi II

Segundo aquele líder, há mais de um ano que um sub-comité de académicos no estado de Kano está a trabalhar sobre esta proposta de lei, que deverá ser aprovada pelo Governo estadual para se tornar efectiva.A lei cobre desde o consentimento, sustento, divórcio, sustento de filhos, até à herança. Esta será a primeira vez na Nigéria que uma lei muçulmana será codificada sobre estado pessoal.

Os media locais citam o antigo governador do Banco Central: "Nós no norte temos todos visto as consequências económicas de homens que não são capazes de sustentar uma única esposa, casarem-se com quatro. Eles acabam tendo 20 ou mais filhos, não os educam, deixam-nos na rua, e estes acabam por se tornar bandidos e terroristas”.

No entanto, o antigo governador ressalvou não haver nada de errado com a poligamia, mas desde que seja praticada devidamente, acrescentando também que todas as mulheres devem ter a oportunidade de progredir.

Conosaba/Voa

TURISMO DA GUINÉ-BISSAU AVERIGUA INCIDENTE NO MAR COM DOIS PORTUGUESES

Dr. Fernando Vaz

Bissau, 23 fev (Lusa) - O Ministério do Turismo da Guiné-Bissau está a averiguar o incidente com dois portugueses que esperaram nove horas por socorro, na noite de sábado para domingo, num barco imobilizado no mar, disse hoje à Lusa o ministro da tutela.

"Pedi logo ao Inspetor-Geral de Turismo que abrisse uma averiguação sobre os acontecimentos com os dois portugueses", referiu Fernando Vaz, que aguarda pelo "parecer final".

O governante realçou que existe "um balcão na zona das chegadas do Aeroporto Internacional de Bissau em que as pessoas se devem aconselhar" para contratarem transportes adequados.

"Se fossem aconselhadas por nós, não iriam num barco com essa tipologia" em que viajaram os dois portugueses, referiu, numa alusão ao facto de não ter rádio para comunicações, nem coletes salva-vidas.

Sara Santos, uma das viajantes, disse à Lusa no domingo que ela e o parceiro de viagem alugaram o barco com base em recomendações disponibilizadas a turistas na capital.

Os dois portugueses queixaram-se da reposta tardia aos pedidos de ajuda feitos através de telemóvel, quando a embarcação em que seguiam com três tripulantes deixou de funcionar entre as ilhas ao largo de Bissau, onde ficaram entre as 18:00 de sábado e 03:00 de domingo.

Fernando Vaz reconheceu fragilidades, mas realçou que este foi "um caso isolado", com uma embarcação que não faz parte do conjunto de meios operados pelos hotéis das ilhas Bijagós, os quais "estão devidamente equipados".

"Todas as unidades hoteleiras [das ilhas] têm os barcos equipados com rádio, GPS e coletes salva-vidas suficientes consoante a lotação dos barcos" e as unidades fazem o seguimento das embarcações.

O ministro disse que confia nos meios dos hotéis, tal como diz acontecer com um número crescente de operadores turísticos e visitantes, compensando "uma fragilidade muito grande em termos de cobertura e apoios da capitania".

No último fim-de-semana, "o barco [de socorro] da capitania estava avariado e acionou-se um barco do IBAP [Instituto do Ambiente], com o qual há uma parceria, caso contrário seria catastrófico. Mas felizmente que se resolveu bem o problema", sublinhou.

"Estamos a pensar no futuro identificar com um símbolo os barcos que serão certificados para transportarem turistas", acrescentou.

O sistema ainda não funciona porque "carece de legislação, em consonância com o Ministério da dos Transportes".

De acordo com Fernando Vaz, entram na Guiné-Bissau cerca de 40 mil turistas por ano e há um trabalho em curso para colmatar as fragilidades que ainda são visíveis.

"Recebemos turistas diariamente", realçou, dando como exemplo a chegada, no domingo, "do primeiro-ministro do Congo com uma delegação de cerca de 20 pessoas para ir aos Bijagós".

"E vamos de barco, mas com todas as condições", concluiu.


Conosaba/Lusa